segunda-feira, 8 de junho de 2015

Pai Nosso

Francisco Cândido Xavier


Pai nosso que estás nos céus
Na luz dos sóis infinitos
Pai de todos os aflitos
Neste mundo de escarcéus


Santificado, Senhor
Seja teu nome sublime
Que em todo o universo exprime
Ternura, Concórdia e Amor

Venha ao nosso coração
O teu reino de bondade
De paz e de claridade
Na estrada da redenção

Cumpra-se o teu mandamento
Que não vacila nem erra
Nos céus, como em toda a Terra
De luta e de sofrimento

Evita-nos todo o mal
Dá-nos o pão no caminho,
Feito de luz, no carinho
De pão espiritual.

Perdoa-nos, Senhor
Os débitos tenebrosos
De passados escabrosos
De iniqüidade e de dor

Auxilia-nos também,
Nos sentimentos cristãos
A amar os nossos irmãos
Que vivem distantes do bem

Com a proteção de Jesus
Livra nossa alma do erro
Neste mundo de desterro
Distante da tua luz

Que o nosso ideal igreja
Seja o altar da Caridade
Onde se faça a vontade
De teu amor... Assim seja.

Psicografia; Francisco Cândido Xavier
Ditado pelo Espirito de José Silvério Horta.

Nenhum comentário:

Postar um comentário